Segunda-feira, 9 de Agosto de 2004

Desilusão de Nyveyda. por: Jorge Assunção - Começado em 03/02/2004

Ao mesmo tempo, numa praia da encosta Alentejana!



O encontro.



Caminhava p'la beira-mar, quando avistei aquele corpo jazido,
como louco corri em sua direcção.
Prestei de imediato socorro de forma atabalhoada, tossiu!
Graças a Deus está viva!
Olhei-a enquanto a colocava de lado, libertou golfadas
de água entrecortadas de tosse, começando por recuperar.
A moça era muito bonita e atraente,
mas o que terá acontecido,
para aparecer aqui neste estado lastimoso?
Vou chamá-la de Nyveyda, já que é a inscrição
de baixo relevo, apresentada naquele estranho objecto,
que trás ao pescoço.
Começou a balbuciar qualquer coisa que não entendi,
parecia uma língua nativa que nunca tinha ouvido,
respondi-lhe com voz calma que estava tudo bem,
e que eu a tinha tirado da água.
Claro ela não entendia, estava confusa, em choque,
assustada, continuei a falar-lhe num tom calmo,
sossegou "et voilà "!
Ela olhou-me com os olhos bem abertos,
entendera que estava bem e salva.
Era hora de a recolher, ia levá-la a casa,
para lhe dar roupas sêcas e depois, com ela para hospital
e autoridades. Foi o que eu pensei, mas não o que se passou!
Chegámos a casa, enquanto a moça tomava um duche
procurei alguma roupa que lhe pudesse servir, ia preparar
também uma bebida de frutos para a ajudar a retemperar,
dava para ver que estava uma verdadeira lástima.
Tinha a bebida sobre a mesinha de apoio, quando ela
saiu do banho, envolta no toalhão, era linda a moça,
senti-me inseguro e saí para ela se vestir.
Ela bebeu o sumo, saiu do quarto e veio até à sala.
Então, comecei a explicar os passos a dar, e disse que o melhor
era procurarmos ajuda na embaixada do país dela.


autor: Jorge Assunção
in: O BURRO
publicado por Jorge dAlfange às 15:32
link do post | favorito
De tulipa a 9 de Agosto de 2004 às 20:04
E depois, e depois? jokas.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.mais sobre mim

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Vagueando ao vento...

. De vão em vão...

. Que te incomoda isso??

. Nesta dor que sinto...

. Ode ao Mar...

. Páscoa feliz

. Break time...

. Rosas da calçada

. Sindarin

. April 25... ?

.arquivos

. Junho 2011

. Outubro 2010

. Junho 2008

. Março 2008

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

.tags

. fotos

. poesia

. santarém

. santarem

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds