Domingo, 6 de Maio de 2007

Sindarin

 

Sindarin

 (dedicado)


Adorei-te...
Guerreira das Estepes
De olhar nobre e decidido
Apaixonado e sereno

.

Adorei...
Tua voz quente
Tocou-me melodiosa
P'los teus pensamentos

.

Adorei...
A textura da pele
De um curtido suave
Em tapete verde de Hera

.

Adorei-te...
Princesa dos Elfos
Adorei-te Sindarin

.


Jorge Assunção
2007 / 05 / 06

publicado por Jorge dAlfange às 15:35
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 17 de Abril de 2007

TÔNAS...

Tônas...

 

Sim! O meu nome é Tônas... AzeiTônas!

E já estou mesmo a ver as vossas caras de surpresa, aliás, de reprovação, por eu estar a utlizar um acento circunflexo ou será que é circonflexo no ó de Tônas!

Agora fiquei baralhado, também depois de ler trezentas cartas em dois dias, escritas por trezentas pessoas diferentes, não era de estranhar, pois cada uma utilizava uma forma diferente de escrever esta Lusa Lingua com que tentamos nos entender.

Mas voltemos ao início...

Vim aqui ao Prepúcio, só para deixar uma nota pública de indignação, pelo recente " passatempo " televisivo, onde tiveram a coragem de colocar a votos, algumas das personalidades deste Portucalem aqui plantado neste cantinho junto ao mar. Não estou indignado com a iniciativa do programa, nada disso, até é de louvar arrojadas apostas destas, onde levam a urbe a participar e a puxar pelos neurónios,( que também já não sei se é escrito neurónios ou neuronios ou neurônios), mas enfim, o " concurso " até que estava bem " caçado "!

Mas óh Gente desta abençoada terrinha por Nossa Senhora de Fátima, elegerem figura pública número  um e género, o Dr. António de Oliveira Salazar... ?? Essa não !!

Então, andaram os nossos Avós e nossos Pais a comer pão com Azeitonas, trabalharam de sol a sol, dividiram uma sardinha por três, ( e vá lá saber-se quem ficava com as espinhas! ),

vestiam roupas de cutim, ora cinzento ora riscado, (para não dar muito nas vistas), usaram sabão macaco e branco, comeram sopas de " cavalo cansado " ( ou seja pão duro ensopado em vinho tinto ), foram morrer ao Ultramar ( Leia-se : Angola, Moçambique, Guiné... ), dos que por sorte não morreram, vieram alguns sem mãos ou braços, ou sem pés e pernas, ou cegos, ou "simplesmente " " estropiados " do intelecto que é como quem diz ( trauma de guerra ) ! Esqueceram-se foi ??! Mas esqueceram mesmo ??!! Como é possível ??!!  Então já nem se lembram da FOME, da GUERRA, das PERSEGUIÇÕES, em suma de toda MISÉRIA que se abatia sobre quase toda uma NAÇÃO ??

Pois é se calhar já não se lembram!

Eu indignei-me !! E indignado ficarei... Porque chorei a miséria, chorei a fome, chorei a guerra, estiveram envolvidas pessoas da minha família, pessoas a quem eu amo e que aprendi a sofrer do lado deles, por eles, por amigos deles e por vizinhos que eram Pais, Irmãos, Tios ou Primos, dos meus Amigos também!! Houve mais razões que me ficaram retidas na memória e no coração... A essas voltarei, quando me der a vontade!

Fiquem bem...

 

Tônas... ou nem por isso!

sinto-me:
publicado por Jorge D'Alfange às 20:43

editado por Jorge dAlfange em 01/05/2007 às 11:26
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 28 de Março de 2007

Façam isso... !

.
.
 
Façam isso... !
Uma festa de Homenagem
Falem do falecido...
Com muito choro e dor
 Eloquência ou saudade
 
Exibam orgulhosos
O seu busto...
Em bronze envelhecido
Sobre um pedestal
Numa Praça qualquer
 
Façam isso... !
Falem hoje demoradamente
Com inveja ou desdém
Cuspam o vosso veneno
Tratem-no como a um Malmequer
 
Façam isso... !
Mas saibam hoje apenas
Que não sou defunto
E para vosso pudor...
Ainda estou vivo e aquém!
 
 
Jorge Assunção
2007 / 03 / 27
publicado por Jorge dAlfange às 00:40
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Fevereiro de 2007

Braços cansados...

.
.
Braços cansados...
.
Tinha os braços cansados!
Pousei o maço,
arrumei formões,
goivas e govetes.

Acabou-se por hoje!
Estava a pena
a pedir-me tinta.
Fervilhavam-me ideias,
os neurónios latejavam.

Tinha os braços cansados!
Os dedos ágeis
pediam que escrevesse.
Fiz-lhes a vontade!

A pena deslizou,
garatujou, rabiscou!
De tão contente...
esgotou a carga!

Parei...
Tinha os braços cansados!

Jorge Assunção
2005 / 01 / 02
publicado por Jorge dAlfange às 22:24
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 4 de Novembro de 2006

Há quanto tempo...


Há quanto tempo...

 


Há quanto tempo...
Não parava para escutar a chuva
Ouvir o chilrear da passarada

 

Há quanto tempo...
Não observava as nuvens no céu
A folhagem das árvores acenando

 

Há quanto tempo...
Não passava por estes caminhos
Nem vos deixava um sorriso

 

Há quanto tempo...
Foi ontem, apenas
Mas, passou tanto no espaço


Jorge Assunção
2006 / 11 / 04

música: Telegraph Road - Dire Straits
publicado por Jorge dAlfange às 14:48
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Outubro de 2006

Podridão...

 

Jean-Marie Negre.jpg
( foto de: Jean-Marie Nègre )

 

 

Podridão...
Crepúsculo
dos que nada fazem,
nem procuram o saber.

.

Podridão...
Não é a Vós
que me dirijo,
não a Vós,
que eu procuro.

.

Podridão...
É a mim que busco!
O meu saber,
dono do Eu, Ser.

.

Nunca me incomodei...
com o que pensam os outros...
embora,eles se incomodem..
com o que penso, digo,
ou como o escrevo!

.

Podridão...
Razão de ser...
dos néscios,
dos fúteis e
... Imbecis!
Que o são no estar
e no fazer.

.

Podridão...
Crepúsculo
dos não amantes
dos não viventes!

.

 


Jorge Assunção
2004 / 04 / 23
in Tou no Top

publicado por Jorge dAlfange às 15:11
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 17 de Setembro de 2006

Amei-te em palavras...

Amei-te em palavras...
entornei palavras de amor
Soltei-as...
e livres escorreram

Sobre tuas curvas,
sobre teus olhos
Teus lábios com elas toquei,
teus seios acariciei...
teu corpo retraiu.

Soltei mais ainda,
palavras livres...
Beijando teu corpo...
desceram...
arqueaste ainda mais

Sentiste-as livres
percorrendo...
Beijaram tuas coxas...
entraste em sufoco
 
Pedias mais palavras,
querias mais e mais.
Entornei palavras soltas
em ti
 
Amámo-nos em palavras,
ficámos mudos...
escutando unidos.
Amei-te...
em palavras de amor.

Jorge Assunção
2004/04/10 
publicado por Jorge dAlfange às 12:27
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
Sábado, 22 de Julho de 2006

Sobre estas pedras...

 


Caminhei errante
sobre calçadas,
desnudas de gente.
Escutei sobre o silêncio
de meu pensamento...
Este som que me aturdiu
de rompante.

Calara-se a noite
para me ouvir pensar
Abriram-se vielas
para me ver passar.
Continuei vagueando
em histórias...
perdidas no tempo.
Como se o vazio
do espaço quisesse encontrar.

Errante escutava
esta nobre calçada...
Pejada de rumores
para sempre calados.
De saberes e graças boas
ou mal aventuradas...
Das gentes que outrora
a caminharam.

Calara-se a noite
para me ouvir pensar...
Abriram-se vielas
para me ver passar.
Errante, segui...
meus passos na noite.
Sobre esta calçada viva.
Sobre estas pedras...
que eram a minha própria vida.


Jorge Assunção
2004 / 04 / 17
In D'Alfange

publicado por Jorge dAlfange às 11:46
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Março de 2004

Passar ao lado...

Podia perfeitamente ...

passar ao lado

fechar os olhos a tudo

 

Esquecer o meu passado

e azares

de não ser sortudo.

 

Podia não falar ...

tão pouco sorrir

Mas não consigo parar

e na vida vou curtir.

 

E quem não gostar ...

deste fado marado,

Pode e deve ...

passar ao lado!

 

Jorge Assunção

2004 / 02 / 24 In D'Alfange

publicado por Jorge dAlfange às 15:42
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 23 de Março de 2004

Nova Imagem

Decidi testar, uma nova roupagem. Longe de ser, o que gostava como fundo. Uma cor mais primaveril, digamos assim. As vossas opiniões contam. Queiram registá-las. Obrigado
publicado por Jorge dAlfange às 23:30
link do post | comentar | ver comentários (59) | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Março de 2004

Dia 22 do Tou no Top

Faz precisamente vinte e dois dias. Vim para aqui imposturar, com esta "aberração". Ao princípio era mesmo para brincar com o pessoal. Vieram cada vez mais visitas e mais apoios. Críticas e dicas se lhe adicionaram e foi crescendo. Em três ou quatro dias estava nos 25+. Cerca de dois ou três dias depois era nº 1. Foi aumentando alista de links aí ao lado. Foram aumentando também umas novidaditas. Fui aprendendo a escrever melhor o Português. Aumentei os conhecimentos de html. Até já estou a dar dicas para outros. Atingi os 770 comentários com apenas, vinte e um artigos ou post's, como se fala por estas bandas. Ainda para acréscimo em vinte e dois dias, ganhei muitos amigos e companheiros. A todos quero agradecer, o vosso respeito, o carinho, as críticas, as dicas, os diálogos, acima de tudo, a Vossa Amizade. Um Grande Abraço e Um Grande Beijão para todos. Obrigado. Jorge ( Bond) Assunção
publicado por Jorge dAlfange às 19:51
link do post | comentar | ver comentários (86) | favorito
|
Domingo, 21 de Março de 2004

Primavera, enfim chegou.

matisse.jpg ( autor: Henri Matisse - Mil e uma noites, vista parcial ) Matisse, porquê? Não sei explicar mas o post tinha de ser diferente. Tinha de ficar com luz, cor e brilho, tinha de ser. Chegam novidades por todo o lado. As andorinhas regressam. Arvores florescem, renasce a esperança. Ontem ainda era Inverno, em mim. Matisse, porquê? Porque sim, outros virão, agora é Primavera.
publicado por Jorge dAlfange às 03:28
link do post | comentar | ver comentários (33) | favorito
|
Sábado, 20 de Março de 2004

Porque ainda é Inverno

vagas e nuv.jpg ( autor: Baltazar - óleo sobre tela 24x30-vista parcial ) Vagas balanceiam o mar. Nuvens de negro baixam sobre terra. Réstias finas de sol anunciam a chegada. Envoltas em seus mantos aguardam ao horizonte. Para elas chega a sua Primavera. Jorge Assunção in: Tou no Top
publicado por Jorge dAlfange às 19:01
link do post | comentar | ver comentários (34) | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Março de 2004

HOJE DIA 19

É dia do Pai. Dia de São José. Dia da minha Cidade. Xantarim ou Xantiren, também Scalábis ou ainda actualmente conhecida por, Capital do Ribatejo - SANTARÉM Bom fim de semana, para todos .
publicado por Jorge dAlfange às 18:43
link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Março de 2004

k cena.

Vinha a chegar a casa e vi o computador à entrada, no ecrã uma nota : Hoje teclas à mão! Pensei, k cena, de pois de tanta porrada, sabia bem um carinho, bem vou levar porrada outra vez!
publicado por Jorge dAlfange às 12:12
link do post | comentar | ver comentários (59) | favorito
|

Entre duas melgas.

- Vamos chupar o sangue a este gajo? - Porquê, já tá sequinho que nem uma palha.
publicado por Jorge dAlfange às 12:08
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|

OK, OFICALMENTE BLOG.

A pedido de várias famílias, a minha inclusivé, este vai ser mesmo um blog oficial. Beijinhos e abraços a todos. Vamos brincar?
publicado por Jorge dAlfange às 12:05
link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
|
Domingo, 14 de Março de 2004

ESCLARECIMENTO.

Por forma a esclarecer mentes confusas, ao iniciar o Tou no Top, que nem merece o nome de blog, por não corresponder no início à definição de blog, a minha ideia era fazer algo, que espevitasse a capacidade criativa das pessoas que por aqui navegam. Ao mesmo tempo tentar acabar com a polémica sobre quem devia ou não de estar nos 25 mais visitados, devido ao tipo de artigos que publicam. Efectivamente o resultado que obtive foi muito diferente do meu ponto de partida. Daí que tenha achado curioso um Pseudo-blog como o Tou no Top, atingir um sucesso de visitas tão grande que o disparou para o topo da lista. E continuo a dizer que este é um Pseudo-blog, até achar que merece efectivamente o nome de Blog, tão escasso é de artigos de interesse, apesar de os comentários revelarem que começa a merecer este titulo. A todos muito obrigado pela atenção e o carinho depositados. Jorge ( Bond ) Assunção
publicado por Jorge dAlfange às 19:06
link do post | comentar | ver comentários (28) | favorito
|
Quinta-feira, 11 de Março de 2004

ESTOU NO TOPO !

Estou no topo, e ao chegar tenho de agradecer. Agradecer a todos quantos me visitaram. Agradecer aos comentários deixados. Agradecer aos bloguistas que estão na minha lista. Agradecer aos que ainda não estão. Agradecer aqueles que nunca estarão por desconhecimento. Por fim um agradecimento muito especial, para a minha cara metade e para o nosso rebento, p'lo tempo que lhes tenho tirado,em favor deste clube de amigos que é o BLOGS.SAPO.PT. BEM HAJA AO SAPO. Totalmente EU. Jorge ( Bond) Assunção
publicado por Jorge dAlfange às 10:06
link do post | comentar | ver comentários (80) | favorito
|
Quarta-feira, 10 de Março de 2004

Subi ao Olimpo

Deliciei-me com a glória de subir no Olimpo. Mal escondo o orgulho e a vaidade de brilhar, junto dos Deuses. Mas o olhar para baixo, trouxe-me à razão, quem sou, ao que vim? Sou feito de pequenos nadas, de pequenas grandezas, mas também de fraquezas. Afinal sou humano, sou um pobre mortal, como qualquer outro ser! Sou caminheiro errante, sou andadeiro insessante, escrevo e canto, sou gente desta gente,deste povo simples, deste povo sómente. E o brilho desvaneceu-se sobre mim, desci e chorei. Não por não ser um Deus, mas porque mesmo por um instante, pensar que sim. autor: Jorge Assunção - in Tounotop.blogs.sapo.pt
publicado por Jorge dAlfange às 13:22
link do post | comentar | ver comentários (33) | favorito
|

.mais sobre mim

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Sindarin

. TÔNAS...

. Façam isso... !

. Braços cansados...

. Há quanto tempo...

. Podridão...

. Amei-te em palavras...

. Sobre estas pedras...

. Passar ao lado...

. Nova Imagem

.arquivos

. Junho 2011

. Outubro 2010

. Junho 2008

. Março 2008

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

.tags

. fotos

. poesia

. santarém

. santarem

. todas as tags

.SCAL-TUGA

SCALTUGA.gif
blogs SAPO

.subscrever feeds