Sexta-feira, 30 de Setembro de 2005

Lágrimas...

Lágrimas... escorrem
Como água cai dos céus
São extase de emoções

Porque sonhamos
Porque rimos
Porque sofremos

Lágrimas... escorrem
Como salpicos do mar
Porque somos humanos!


Jorge Assunção
2005 / 09 / 20
In D'Alfange
publicado por Jorge dAlfange às 09:45
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Setembro de 2005

Coerência...

Coerência...
Palavra amarga ou doce
Com deferência

Estando... és!
Ausente... cais
Coerência... rés
Incoerência... ais

Coerência...
Atos... ditos
Ais... da Regência!


Jorge Assunção
2005 / 09 / 27
In D'Alfange
publicado por Jorge dAlfange às 00:33
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Setembro de 2005

Mya Alma Ferida...

Entornaram cantos ao chão
Palavras de mya vida
Enxotaram como a um cão
Pela vinha perdida

Souberam o fogo atyar
Moyros velhos de romaria
Vieram a queymar
Ao que ey tanto queria

Y mya pena quedou
Para não escrever
A quem tanto encantou
Vai mya pena morrer

Ficou ferida mya Alma
Mais mya pena caída
Mais valia Cruz de Palma
Sobre mya jazida


Jorge Assunção
2005 / 09 / 11
Inspirado nos : Lusíadas
de - Luís Vaz de Camões
publicado por Jorge dAlfange às 23:50
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|
Domingo, 18 de Setembro de 2005

Outros virão...



Três quintos dos infernos
Fostes vós que me desteis
Outros dois...
Sulquei-os com minhas mãos

Deixasteis minha alma no forno
Como se assa um perú
Recheado de ervas daninhas
Mas haveis de comer-me crú

E azedos ficareis...
Como fel envelhecido
Pois em minha tenra carne
Só achareis delírio

Mas não sereis vós demónios
Nem lobos de Alcateia
Que comerão minhas palavras
Nem bebereis do meu saber

Outros virão...
Sedentos de razão
Famintos de conhecimento
Fazendo-me em festa... ovação!


Jorge Assunção
2005 /09 / 17
In D'Alfange
publicado por Jorge dAlfange às 12:37
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Domingo, 11 de Setembro de 2005

Lápis Azul ...

Lápis azul
Azul muito forte
Poder do edil
Que traz a morte

Cor tinta que rastreia
Queima e desgasta
Apaga e não regateia
Clara e sã letra vasta

Lápis azul
Com vestes de cordeiro
Poder do edil
Que se faz companheiro

Lápis azul
Azul muito forte
Cor anil
Que traz a morte!


Jorge Assunção
2005 / 09 / 11
publicado por Jorge dAlfange às 19:29
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
Quarta-feira, 7 de Setembro de 2005

Fin...dei !

Reduz-me a inércia
de acalentar estagnado
cada suspiro teu...prolépsia
de um orgasmo antecipado

Prolação adivinhada
em farrapos...estrigado
em Ais d'avizinhada...
ejaculação do coito adulado

Enquanto me espesseia
o caule intrometido
vagueante em ameia...
do valeiro prometido

haaaaaaa!! Fin...dei !

Jorge Assunção
2005 / 09 / 07
In D'Alfange
publicado por Jorge dAlfange às 22:19
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Terça-feira, 6 de Setembro de 2005

Doce sentença...

Não sei dizê-lo...
sem milagres.
Revejo-me assim,
em cada gesto teu,
cada palavra ou sorriso...
Na esperança vã...
de que um dia me encontres !

Doce sentença...
que me envolve.
Esta, a de te amar
... loucamente !
Aguardo em ti
... meu carrasco,
a dor...
de deixar semente !

Não sei dizê-lo...
sem milagres.
Amo-te,
... perdidamente !


Jorge Assunção
2005 / 09 / 05
In D' Alfange
publicado por Jorge dAlfange às 15:04
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Domingo, 4 de Setembro de 2005

Directo ao coração...

Em cada tua saliência
corre oculta vida linfática
Certa demais para ciência
mais ainda que matemática

Em cada curva do teu corpo
mais rigoroso que sapiência
Certo agora é meu escopo
essa tua doce florescência

Com ciência oculta ou não
sorvo teu prazer queimante
Chego directo ao coração
lanço este fogo de amante


Jorge Assunção
2005 / 08 / 30
publicado por Jorge dAlfange às 17:24
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.Junho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
23
24
25

26
27
28
29
30


.posts recentes

. Vagueando ao vento...

. De vão em vão...

. Que te incomoda isso??

. Nesta dor que sinto...

. Ode ao Mar...

. Páscoa feliz

. Break time...

. Rosas da calçada

. Sindarin

. April 25... ?

.arquivos

. Junho 2011

. Outubro 2010

. Junho 2008

. Março 2008

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

.tags

. fotos

. poesia

. santarém

. santarem

. todas as tags

.SCAL-TUGA

SCALTUGA.gif
blogs SAPO

.subscrever feeds